domingo, 9 de março de 2008

EM 2008 -1.000.000.000.000 (UM BILIÃO DE PESSOAS) PASSA FOME










Enquanto os Estados Ricos destroem os recursos financeiros, trocam armas pelos escassos recursos naturais dos Países Pobres, ocupam-nos e roubam-lhes matérias primas ou criam empresas multinacionais que o fazem, aumentando a pobreza, a escravatura e a fome na maioria do planeta.
Em 2008, 1 Bilião de Seres Humanos passa fome e um Ser Humano, morre de fome em cada 3 segundos.
Perante um quadro desta natureza, alguém terá legitimidade para falar em Democracia, Desenvolvimento, Direitos Humanos.
Os Governos Ocidentais comportam-se de forma mais desumana que os Governos Nazis e Neo-Nazis! Se durante o Nazismo existiu o "Holocausto", Hoje, durante a vigência dos falsos Regimes Democráticos, existe um Holocausto de dimensões maiores, o qual é escondido!
Os Líderes dos Países Ricos são CRIMINOSOS POR OMISSÃO! Cumpre aos povos rebelarem-se e sancionarem esses monstros, através da contestação activa e esmagadora.
É fácil colocar todos os arsenais bélicos em qualquer cenário de guerra, mas é impossível unir esforços para colocar um arsenal que permita alimentar 1 Bilião de SERES HUMANOS!
Este é um APELO e uma ACUSAÇÃO contra a EUROPA E OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA!
O outro apelo é dirigido ao VATICANO que nada FAZ, envergonhando o nome de JESUS CRISTO! O VATICANO É O ANTRO DO PECADO, CÚMPLICES DESTE HOLOCAUSTO!

sábado, 8 de março de 2008

INEM/MINISTRA DA SAÚDE: VOLTAM A MATAR POR NEGLIGÊNCIA!







É inqualificável a forma como se omite o dever de auxílio em Portugal. O INEM, matou por negligência ou omissão várias vezes durante o reinado do anterior presidente, foi substituído o presidente, foi nomeada a ministra da saúde e a situação continua caótica...

A negligência é grosseira, no mínimo, ou então o INEM alberga mesmo um grupo de criminosos sádicos, cujo objectivo é ver morrer as pessoas que pedem auxílio... É óbvio que esta afirmação é bizarra...

Alguém tem que fazer alguma coisa, neste país que um dia esteve no caminho da Democracia e hoje vive num regíme neo-fascista do qual não nos conseguimos libertar, em Portugal, exceptuando os muito ricos, Portugal é uma gigantesca PRISÃO DE PRESOS POLÍTICOS,a quem concederam por enquanto, apenas o Direito de Expressão, dada a ineficácia do mesmo, perante os poderes fascistas solidificados e institucionalizados.





Nova morte após falha do INEM Um homem de 61 anos faleceu na quinta-feira em Samora Correia, Benavente, após esperar mais de 35 minutos pela VMER de Vila Franca de Xira. Esta é a segunda morte num espaço de oito dias naquela localidade envolvendo um erro do INEM e já está a ser investigada.Eram cerca das 16h45 de quinta-feira quando Manuel Guerreiro terá caído inanimado enquanto lavava o automóvel numa estação de serviço junto da EN118. O 112 foi alertado por um condutor que se encontrava nas imediações e, passados apenas três minutos, os bombeiros de Benavente chegavam ao local. Os bombeiros não conseguiram reanimar a vítima e pediram o reforço da viatura médica de emergência e reanimação (VMER) de Vila Franca de Xira. Mas o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) de Lisboa e Vale do Tejo «não considerou pertinente enviar de imediato a VMER», explicou ao JN o porta-voz do INEM, Pedro Coelho dos Santos, que recusou comparações com o caso da morte de um cirurgião de 51 anos ocorrido na mesma localidade. «Não se podem confundir os dois episódios porque, no primeiro, houve um socorro insatisfatório e, no segundo, considerou-se que o caso não configurava a necessidade do envio da VMER», afirmou Pedro Coelho dos Santos ao diário portuense. Segundo o JN, a VMER de Vila Franca de Xira estava estacionada a apenas dez quilómetros do local do incidente e demoraria no máximo dez minutos a lá chegar. Este episódio já motivou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém a ordenar um inquérito para investigar a actuação do CODU. «É provável que tenha existido uma falha nas comunicações e, por isso, será importante verificar a que se deveu, de forma a não voltar a acontecer», explicou ao diário Joaquim Chambel, comandante do CDOS de Santarém.

quinta-feira, 6 de março de 2008

FUNÇÃO PÚBLICA : LIBERALIZAÇÃO DOS DESPEDIMENTOS!








O novo Estatuto da Função pública vai permitir despedir por razões políticas ou outras não especificadas. Despedir alguém por falta de zelo, parece difícil num país que não consegue prender pedófilos e mafiosos, por falta de provas, no entanto, do actual governo neo-fascista, tudo se pode esperar...

Este governo é marcadamente um governo montado por falsários e seus correligionários que assaltaram o poder, enganando os portugueses, num sufrágio universal, no qual acreditaram que era democrático.

INEM VOLTA A MATAR! MINISTRA DA SAÚDE RESPONSÁVEL!








Um erro na activação dos meios de socorro terá contribuído para a morte de um homem, de 51 anos, em Samora Correia, que se esvaiu em sangue enquanto esperava pela chegada dos bombeiros. A notícia foi avançada pelo JN que conta que, em vez de activar os bombeiros daquela vila, localizados a 400 metros de casa da vítima, o INEM optou por mandar para o local a corporação de Almeirim, que se situa a 57 quilómetros de distância.
O porta-voz do INEM, Pedro Coelho dos Santos, disse ao PortugalDiário que «a resposta a esta ocorrência não terá sido a mais satisfatória». O INEM já abriu um inquérito para «apurar o que se passou, o que correu mal, por que correu mal», mas para já ainda não há nenhuma conclusão.



sábado, 1 de março de 2008

EURODEPUTADOS BURLÕES


Eurodeputados desviam milhões para fins privados Um relatório secreto do Parlamento Europeu detectou fraudes no valor de 140 milhões de euros, envolvendo o desvio de fundos para empresas fictícias e familiares de eurodeputados.Nenhum eurodeputado português está envolvido, garantiu fonte do Parlamento Europeu, citada pela Lusa. Em causa estão verbas relativas ao pagamento a assistentes de europarlamentares. Uma auditoria interna detectou desvios para empresas fictícias e noutros casos a familiares, que não desempenhavam quaisquer funções relacionadas com o Parlamento Europeu. Cinco a seis deputados abusaram do sistema de remuneração. O relatório foi entregue ao organismo de luta anti-fraude da UE - OLAF -, que pondera a abertura de um inquérito sobre a matéria.


Fonte: Notícias http://www.aeiou.pt/

SÓCRATES - A FACE NEGRA DO NEO-LIBERALISMO!


A ausência de controle das entidades privadas que detêm o poder e as estruturas económicas e financeiras do país, levaram ao domínio do capitalismo selvagem, liderado pelos grandes grupos. O estado português, personalizado pelo primeiro ministro José Sócrates, demitiu-se das suas obrigações e da sua lealdade à Democracia.

Portugal é hoje um país devastado pela pobreza e pela miséria, nas suas mais diversas manifestações. Mais de 3.000.000 (Milhões) de pobres, mais de 500.000 (Quinhentos Mil) desempregados e cerca de 4.000.000 (Milhões) de portugueses, ex-classe média, que vivem pior hoje do que viviam há dez anos.

Portugal é governado por um governo com uma política de extrema-direita, refém das multinacionais e organizações financeiras e económicas internacionais. Portugal está refém dos grupos económicos que mantêm negócios de duvidosa legalidade.

Os deputados portugueses, na sua esmagadora maioria, são pessoas que nada têm a ver com os seus eleitores, foram eleitos para o cumprimento de funções de representação dos cidadãos, no entanto, há muito que esqueceram isso, julgam-se titulares de cargos por direito divino, vivem como se fossem cidadãos do país mais rico do planeta e apoiam ou silenciam-se perante as maiores atrocidades nacionais e internacionais. Portugal não tem oposição digna, na verdade, os deputados da oposição vivem no narcisismo dos seus discursos com fins meramente mediáticos. De facto, quase nenhum, age com a convicção de defender os direitos dos povos.

Lamentávelmente, a pretensa oposição que o não é, liderada por um ex-primeiro ministro falhado e por um "líder" partidário que envia recados pelos meios de comunicação social, não nos oferecem esperança de alternativas democráticas.

O Governo continua a envolver-se em negociatas pouco claras e continua a contratar consultor e mais assessores, familiares de familiares e de amigos de amigos.

Um país na rota dos países mais corruptos e pobres do mundo.
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste dispositivo