sábado, 17 de janeiro de 2009

TERRORISTAS ISRAELITAS DECLARAM CESSAR FOGO









É fácilmente constatável que os fundamentalistas islâmicos em particular e a religião islâmica em geral, constituem um atraso civilizacional ao qual não se pode fechar os olhos, salvaguardando os direitos de liberdade religiosa...

Não existem religiões boas, mas existem algumas piores, porque professam a violência a ignorância e a opressão dos povos...

Não esquecendo a máfia e opulência que caracterizam e disvirtuam o Vaticano, como pressuposto defensor dos valores cristãos...

No entanto, não podemos negar o contributo civilizacional do cristianismo em oposição à barbárie islâmica.

Os islâmicos ainda se encontram na pré-história da civilização, esta é a triste verdade...

Se pensarmos no hinduísmo, pouco muda, os hindus vivem de acordo com uma divisão de castas, própria de qualquer dos piores sistemas esclavagistas...

Os judeus, ou o judaísmo, é uma religião onde a intolerância e a contradição de valores abundam...

No entanto, quando lhes interessa, todos estes países e os seus habitantes mais ricos que professam estas religiões, para obtenção de vantagens e fortunas, acordam com base numa religião única: O Capitalismo Selvagem, suspendendo por instantes os princípios religiosos.

Fica a questão, o que tem isto a ver com a guerra israel ou palestiniana? Tem tudo, porque, apesar dos negócios de tráfico de armas comandar as decisões, nem Israel tem o direito de massacrar inocentes, nem os terroristas do Hamas, financiados pelo Irão, podem criar instabilidade no Mundo, em nome de uma religião com valores de incentivo de violência extrema...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste dispositivo